quinta-feira, 6 de maio de 2010

*O Artesanato NAMBIKWARA: Arte, Resistência Cultural, Subsistência Econômica*


Eu, Marta, Fafi, Sebastião, Guajajara


Os artesanatos indígenas são muito peculiares pois, identificam um grupo étnico facilmente. Cada forma de expressão tem uma história e quer manter uma tradição ancestral além de conter significados mágicos para quem o faz e quem o recebe com o espírito aberto.
Este ó colar de TUCUM, um artesanato tradicional dos Nambikwara. Eles geralmente nos oferecem seu artesanato e usam o dinheiro para comprar comida. Repare na primeira foto que eu e mais três pessoas da equipe (Fafi Reis, Guajajara e Sebastião) usamos um colar destes. Todos nós recebemos a oferta desta arte Nambikara. As sementes são pequeníssimas, e é uma joia rara ter um desses. O meu tem 4 voltas, no caso pode ter muitas voltas se quisermos.


Os artesanatos indígenas podem servir para ornamentar nossos corpos ou o ambiente que vivemos. Nesta última foto vemos um Espanador da etnia Paresi, o qual ganhei do amigo João Nambikwara (aquele branco que está aculturado nesta etnia indígena). Adorei o presente e o guardo com carinho. Pena não ter tido condições de trazer mais coisas pra mostrar. A arte para os indígenas faz parte da vida individual de cada um. Cada indígena tem a sua produção individual, mas geralmente o dinheiro da venda é revertido para os parentes. Nossa amiga Marta não recebeu oferta dos colares (parece que os indígenas desta região são reservados quanto ao contato com os negros), mas, ela ganhou (também do João Nambikwara) um lindo leque da arte plumária Paresi com penas de coruja, pavão, papagaio e ema, um luxo só!

*Fotos do meu arquivo pessoal.

*

Um comentário:

lucidreira disse...

A arte tem que ser admirada e divulgada, seja ela de que origem for.
Beleza... Parabéns pela divulgação.
Abraço

Related Posts with Thumbnails