quarta-feira, 7 de abril de 2010

♫MOTIVO - Cecília Meireles♫

Aquarela do Artista Plástico e Amigo Jader Resende, achei um ótimo Motivo!
Blog: http://jaderresende-artes.blogspot.com/


MOTIVO (Poema de Cecília Meireles - Música de Fagner)

*
Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
Sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.
Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei. Não sei se fico

ou passo.
Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
- mais nada.

*
(Cecília Meireles)

4 comentários:

Guará Matos disse...

Adoro esse poema, venero Cecília Meireles, porém não curto o Fagner.
Mas ele serviu para divulgar esse escrito maravilhoso.
Ah, adoro e venero você, muito!
Bjs.

Denise Guerra disse...

Oi meu querido, vc com esta sua cumplicidade maravilhosa sempre me emociona! muito obrigada! vc sabe que a recíproca é verdadeira! Adoro a Cecília, e o Fagner não tem assim uma voz tão linda, mas, gravo coisas legais e acho que é um pesquisasor de poemas pois, gravou outros inclusive o Fumo que acho lindo da Flor Bela Espanca. Bjs no coração!

Meias de Seda (Suzy) disse...

Oi, Denise.

Linda poesia e linda Aquarela. Concordo com você no que diz respeito ao Fagner. Aproveito para complementar, citando "Canteiros", que foi inspirada em "Marcha", também da Cecília; e "Fanatismo", uma das poesias mais lindas de Florbela Espanca ("Minh'alma, de sonhar-te, anda perdida/Meus olhos andam cegos de te ver/Não és sequer razão de meu viver/Pois que tu és já toda a minha vida!"), também gravadas por ele.
Ele só pecou em omitir que ao compor "Canteiros" se inspirou em "Marcha", obra de Cecília. Foi acionado judicialmente pelas filhas da poetisa e se viu obrigado a pagar uma multa por violação de direitos autorais.
O mesmo aconteceu com a música "Sina", em que ele usou alguns versos de "O Vaquêro", do poeta Patativa do Assaré, e também o deixou de fora dos créditos.
Parabéns pela postagem. Também sou fã de Cecília. E parabéns ao Jader pela Aquarela.

Bjos ;)

Denise Guerra disse...

Oi Suzy, conheço todos estes poemas que viraram música na voz do Fagner, só não sabia dos seus problemas quanto a dar crédito a que o tem. Talvez o que ele pagou não chegou a afetar o volume que ganhou pois, os sucessos acima foram imensos. O Jader tem várias outras telas lindas no blog dele, passe lá pra ver; aliás, vc podia abrir um espacinho para artistas plásticos no seu blog. obrigada pela presença! Bjs!

Related Posts with Thumbnails