sexta-feira, 18 de março de 2011

*18 de Março - Dia da Criança Indígena na Venezuela*

Imagem campanha do Unicef  Contra o Racismo na Infância

Caracas, 18 mar (Prensa Latina) O Dia da Criança Indígena estará dedicado hoje ao reconhecimento e inclusão dos povos originários nas políticas sociais impulsionadas pelo governo venezuelano.

Nas diferentes regiões com comunidades ancestrais se realizarão festejos e jogos tradicionais para celebrar esta data, como o arco-e-flecha, corrida de sacos e de velocidade, entre outros.

Além disso, nas celebrações se poderá degustar comidas e bebidas tradicionais e haverá exibição de danças, representações, entre outras.

Com diversas atividades, a cada ano, as crianças das etnias, Arawak, Warao, Pumé, Bari, Yekuana, Yanomami, Kariña, Pemón, Panare, Wayúu, Añú, Jibi, entre outras, celebram este importante dia.

Há 30 anos, a data só se dedicava ao Dia da Criança Wayúu e era celebrada no município Guajira, estado de Zulia.

A festividade foi crescendo e começou chegar a grandes cidades como Maracaibo, para converter-se em um dia nacional.

Na Venezuela, antes de 1999, durante a chamada Quarto República, os povos ancestrais estavam esquecidos e foi somente com a chegada de Chávez à presidência, que se implementaram políticas inclusivas em benefício destas populações.

Em particular, garante-se o acesso de meninos e meninas à educação, à saúde e outros serviços essenciais.

Dentro dos avanços com relação à reivindicação das comunidades originárias da Venezuela destaca-se a criação do Ministério para os Povos Indígenas.

Além disso, uma série de normativas como a Lei do Artesão e Artesã, a do Patrimônio Cultural dos Povos e Comunidades e a Lei de Idiomas Indígenas.

A Constituição de 1999 reconhece os direitos inalienáveis dos povos ancestrais, fixa as bases para um desenvolvimento equilibrado das etnias sobreviventes, salvando sua cultura, cosmovisão, medicina e costumes em geral.

Também contempla o respeito aos lugares que por milhares de anos utilizam para viver e se desenvolver.

mv/otf/es
Prensa Latina

4 comentários:

Guará Matos disse...

E que assim seja realmente, pois se tratando de Hugo Chavez, sei não.

Bj.

Wanderley Elian Lima disse...

Foi bom saber que em outros países se preocupam com os indígenas.
Tenha uma lindo fim de semana.
Bjux

lucidreira disse...

Pena que este país não é governado por um são consciente dirigente.
Espero que venham a possibilizar-se com os povos indígenos de toda a América.
Abraço

Impressões Amazônicas disse...

Que legal. Poderíamos ter algo assim por aqui!

Related Posts with Thumbnails