sexta-feira, 23 de julho de 2010

*O CORPO*

O Corpo é como uma planta rara
Plantam sua semente numa terra
Cheia de histórias anteriores
É regada, alimentada, cultivada
Com os sentimentos do seu progenitor
Nasce, cresce, vive
E faz viver novamente
Para um dia findar seu viver
Ou continuar-se no outro
Que ficou em seu lugar
*
Denise Guerra
*

4 comentários:

Reflexo d Alma disse...

Ei!
Ja passa por aqui
faz um tempinho
mas somente agora
estou registrando minha passangem.
Adoro seu blog, tem algo de 'movimento'.
Vou adorar que passe no meu canto de poesia.
Lindo post esse.
Bjins entre sonhos e delírios

lucidreira disse...

Uma definição simples, porém completa.
Bjos e abraço

Denise Guerra disse...

Oi amigos Reflexo da Alma e Lú Cidreira, obrigada pela presença! bem-vindos sempre!Bjs!

leandro disse...

Linda definição.Cabeça na espritualidade e pés no chão...

Related Posts with Thumbnails